Skip to main content

Descrição:

O requisito 8.1.1 da ISO 17025 define que os laboratórios devem atender aos requisitos das seções 4 a 7 e atender aos requisitos da seção 8 de acordo com a opção A ou B. Lembrando que o objetivo do sistema de gestão é:

Ser capaz de apoiar e demonstrar o atendimento consistente aos requisitos da ABNT NBR ISO/IEC 17025 e assegurar a qualidade dos resultados do laboratório.

Independente da opção que o seu laboratório se enquadra, o objetivo é obter o mesmo resultado no desempenho do sistema de gestão e conformidade com as seções 4 a 7.

A seguir as perguntas que mais tenho escutado dos meus clientes:

1 Afinal, qual é a diferença entre as opções A e B?

2 Há alguma vantagem para o meu laboratório se ele se enquadrar na opção B?

3 Os laboratórios que se enquadram na opção B deixam de ser avaliados na seção 8?

4 Como e quando devo informar à Cgcre a opção que o meu laboratório se enquadra?

5 Quais registros devo enviar à Cgcre para comprovar o atendimento à Opção B?

Vamos às respostas!

  1. Afinal, qual é a diferença entre as opções A e B?

Opção A: Além de atender aos requisitos das seções 4 a 7, o laboratório deve atender a seção 8 da ISO 17025:2017;

Opção B: Além de atender aos requisitos das seções 4 a 7, o laboratório deve demonstrar o atendimento a seção 8 da ISO 17025:2017, por meio de sistema de gestão implementado e certificado por OAC acreditado pela Cgcre ou organismo signatário pertencente ao acordo mútuo do IAF, de acordo com a ABNT NBR ISO 9001:2015.

  1. Há alguma vantagem para o meu laboratório se ele se enquadrar na opção B?

A vantagem se refere a manutenção do Sistema de Gestão, de forma que deixe de existir sistemas paralelos para Normas distintas.

Muitos laboratórios que possuem certificação de acordo com a ABNT NBR ISO 9001 e acreditação de acordo com a ABNT NBR ISO/IEC 17025, possuíam sistemas distintos para cada uma das Normas, ficando o sistema de gestão complexo e inchado, criando procedimentos duplicados para o mesmo assunto.

Com esta nova abordagem da ISO 17025, facilita a integração entre os sistemas de gestão de acordo com as duas normas (ISO 17025 e ISO 9001), pois gerou a possibilidade para serem avaliados documentos do sistema de gestão desenvolvido para a ISO 9001, mas sempre tendo em mente o objetivo:

Atendimento aos requisitos da ABNT NBR ISO/IEC 17025 e assegurar a qualidade dos resultados do laboratório.

  1. Os laboratórios que se enquadram na opção B deixam de ser avaliados na seção 8?

Não. É avaliado o atendimento aos requisitos da seção 8 da ISO 17025, porém esta avaliação é realizada de acordo com o sistema de gestão implementado conforme a ISO 9001:2015.

Salientando que mesmo atendendo aos requisitos da ISO 9001 para o sistema de gestão, o laboratório deve se atentar ao atendimento às particularidades de alguns requisitos da seção 8 da ISO 17025, tais como:

–      8.2 – políticas e objetivos que abrangem: imparcialidade, operação consistente do laboratório e competência;

–      8.8 – auditoria interna deve abranger a ISO 17025:2017, Normas da Cgcre aplicáveis e escopo dos serviços acreditados (ensaio, calibração ou amostragem);

–      8.9 – análise crítica pela gerência – deve incluir os dados de entrada específicos da ISO 17025:2017: mudanças no volume e tipo do trabalho ou em seu conjunto de atividades de laboratório, conclusões sobre a garantia da validade de resultados, atividades de monitoramento e treinamento.

  1. Como e quando devo informar à Cgcre a opção que o meu laboratório se enquadra? 

Conforme definido na NIT-Dicla-076, antes da avaliação em seu laboratório e quando solicitado pela Cgcre, o laboratório deve informar à Cgcre  (Gestor de Acreditação) a opção escolhida para seu sistema de gestão.

Caso entre uma avaliação e outra, o laboratório decida modificar a Opção A ou B do seu sistema de gestão, não há necessidade de informar à Cgcre antes da modificação, apenas informar antes da próxima avaliação.

  1. Quais registros devo enviar à Cgcre para comprovar o atendimento à Opção B?

Certificado emitido por OAC acreditado pela Cgcre ou por outro organismo de acreditação signatário do acordo de reconhecimento mútuo doIAF,  de acordo com os requisitos da ABNT NBR ISO 9001:2015,  onde no escopo de certificação deve incluir atividades de laboratório (ensaio, calibração ou amostragem).

E aí? Qual a opção que o seu laboratório se enquadra?

Espero ter esclarecido!

Nos vemos por aí!

Leave a Reply